Jogador/técnico de handebol morre aos 31 anos, vítima de covid-19

Jogador/técnico de handebol morre aos 31 anos, vítima de covid-19

Por Manoel Façanha
O handebol acreano está de luto. Morreu na noite desta terça-feira, 15, o atleta e técnico, Rogério da Silva, de 31 anos. A causa da morte, segundo a Federação de Handebol (Fach), foi complicações da Covid-19.

Desde 2018, Rogério vestia a camisa do Imperador Galvez, clube que chegou a disputar um estadual como atleta e outro (2019) como treinador. O atleta, na temporada de 2018, sagrou-se campeão da Liga Nacional de Clubes – Conferência Norte de Handebol com a camisa Rádio Farol (RO).

Logo após o falecimento de Rogério da Silva, a presidente da Fach, Maria Rosaídes, lamentou profundamente a partida prematura de Rogério. A entidade esportiva também emitiu nota oficial de pesar.

O velório de Rogério está ocorrendo no Cemitério Morada da Paz. O exame para o novo coronavírus no organismo do atleta já havia dado negativo durante o início da semana, mas ele não resistiu as sequelas da doença.

Veja mais na Marca da Cal.

Leonildo Rosas

Related Posts

Rio Branco, o Estrelão, chega a 102 anos de história

Rio Branco, o Estrelão, chega a 102 anos de história

Asfury, ex-zagueiro clássico e bicampeão acreano, é mais uma das vítimas da Covid-19

Asfury, ex-zagueiro clássico e bicampeão acreano, é mais uma das vítimas da Covid-19

Lateral Alfredo, ex-Galvez, perde a mãe para a covid-19

Lateral Alfredo, ex-Galvez, perde a mãe para a covid-19

Galvez completa uma década e é o clube que mais cresce no Acre

Galvez completa uma década e é o clube que mais cresce no Acre

No Comment

Deixe uma resposta