Sistema Penitenciário do Acre pode ter tido o primeiro óbito por coronavírus

Sistema Penitenciário do Acre pode ter tido o primeiro óbito por coronavírus

O jargão é deles: “O presídio vai explodir”.

Após a confirmação de vários casos de coronavírus de polícias Penitenciários e de detentos com coronavírus, o primeiro caso de óbito de um preso pode ter acontecido.

A informação parte do presidente da Associação dos Policiais Penais, Eden Alves Azevedo.

Na últimas 24 horas, o Acre teve uma aumento superior a 60% dos casos de coronavírus.

A tendência é aumentar.

Veja a nota:

NÃO FOI POR FALTA DE AVISO.

A Associação dos Servidores do Sistema Penitenciário vem a público comunicar que possivelmente ocorreu o primeiro óbito de preso vítima da covit-19 no Acre. O homem que apresentou sintomas da doença foi internado por volta de meio dia, vindo a falecer na início da noite de hoje na UPA do Segundo Distrito.

Não é de hoje que alertamos o Governo do Estado sobre as doenças de trato respiratório e sua fácil proliferação nas prisões do Acre e com o covit-19 não seria diferente. Há pouco menos de 2 semanas alertamos as autoridades da Segurança Pública sobre a possível situação caótica, hoje nos deparamos com essa situação de óbito o que acende a luz vermelha daqui pra frente.

Que o Governo do Estado entenda de uma vez por todas que o sistema penitenciário é uma das pastas mais complexas de se tratar e que as condições mínimas para policiais penais, técnicos administrativos e presidiários precisam ser priorizadas.

Rio Branco-Acre, 01 de maio de 2020.

PP Eden Alves Azevedo, Presidente da ASSPEN

NÃO FOI POR FALTA DE AVISO.

A Associação dos Servidores do Sistema Penitenciário vem a público comunicar que possivelmente ocorreu o primeiro óbito de preso vítima da covit-19 no Acre. O homem que apresentou sintomas da doença foi internado por volta de meio dia, vindo a falecer na início da noite de hoje na UPA do Segundo Distrito.

Não é de hoje que alertamos o Governo do Estado sobre as doenças de trato respiratório e sua fácil proliferação nas prisões do Acre e com o covit-19 não seria diferente. Há pouco menos de 2 semanas alertamos as autoridades da Segurança Pública sobre a possível situação caótica, hoje nos deparamos com essa situação de óbito o que acende a luz vermelha daqui pra frente.

Que o Governo do Estado entenda de uma vez por todas que o sistema penitenciário é uma das pastas mais complexas de se tratar e que as condições mínimas para policiais penais, técnicos administrativos e presidiários precisam ser priorizadas.

Rio Branco-Acre, 01 de maio de 2020.

PP Eden Alves Azevedo, Presidente da ASSPEN

Leonildo Rosas

Related Posts

A conta chegou: Sena Madureira ver aumento de casos de Covid após a visita de Bolsonaro

A conta chegou: Sena Madureira ver aumento de casos de Covid após a visita de Bolsonaro

Secretaria de Gladson imita Bolsonaro e diz: “Independente de Covid ou não, uma hora a nossa hora chega e acabou”

Secretaria de Gladson imita Bolsonaro e diz: “Independente de Covid ou não, uma hora a nossa hora chega e acabou”

MPF em 24 estados e no DF pede que Ministério da Saúde adote medidas urgentes para conter a transmissão do novo coronavírus no Brasil

MPF em 24 estados e no DF pede que Ministério da Saúde adote medidas urgentes para conter a transmissão do novo coronavírus no Brasil

“Estou arrasado demais, eu estou me sentindo uma bosta, declara Sérgio Petecão

“Estou arrasado demais, eu estou me sentindo uma bosta, declara Sérgio Petecão

No Comment

Deixe uma resposta

Encontre-nos

Horário
Segunda—sexta: 9h–17h
Sábados e domingos: 11h–15h