Léo do PT e Pedro Longo devem assumir mandatos dos cassados Manuel Marcos e Juliana Rodrigues

Léo do PT e Pedro Longo devem assumir mandatos dos cassados Manuel Marcos e Juliana Rodrigues

Nem Railson Correia nem Tião Bocalom.

Professor de matemática, aliás, Bocalom fez as contas totalmente erradas.

Com a cassação dos mandatos de deputado federal de Manuel Marcos e de deputada estadual de Juliana Rodrigues pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as vagas serão preenchidas pelo petista Léo do PT e o verde Pedro Longo.

Manuel Marcus e Juliana Rodrigues foram cassados por unanimidade.

O relator do processo, ministro Edson Fachin, apontou uma série de irregularidades cometidas pelos cassados para comprar votos.

Léo do PT assumirá porque a sua coligação teve a maior sobra nas eleições de 2018.

Fachin, no entanto, queria manter os votos válidos, mas o ministro Alexandre Morais abriu divergência e criou um debate entre os membros da corte.

Se anulassem os votos, os ministros iriam contra a própria resolução da corte. Diante do impasse, os ministro optaram por não conhecer os recursos interpostos pelos suplentes Railson Correia e André Vale, mantendo a decisão do Tribunal Regional Eleitoral na íntegra.

Veja os cálculos:

O professor de matemática Tião Bocalom terá que aprender a fazer contas para não errar no futuro.

Leonildo Rosas

Related Posts

Sérgio Petecão fala sobre suposta “sala de morte” em hospital acreano

Sérgio Petecão fala sobre suposta “sala de morte” em hospital acreano

Bancada federal do Acre garante que trouxe R$ 129,3 milhões para Gladson combater a Covid

Bancada federal do Acre garante que trouxe R$ 129,3 milhões para Gladson combater a Covid

Bancada federal do Acre garante que trouxe R$ 129,3 milhões para Gladson combater a Covid

Bancada federal do Acre garante que trouxe R$ 129,3 milhões para Gladson combater a Covid

Leo de Brito ingressa com ação no STF contra censura a professores feita pelo governo Bolsonaro

Leo de Brito ingressa com ação no STF contra censura a professores feita pelo governo Bolsonaro

No Comment

Deixe uma resposta

Encontre-nos

Horário
Segunda—sexta: 9h–17h
Sábados e domingos: 11h–15h