“Devolver os serviços de saneamento aos municípios é falta de compromisso com a população”, diz Forneck sobre Gladson Cameli

“Devolver os serviços de saneamento aos municípios é falta de compromisso com a população”, diz Forneck sobre Gladson Cameli

O líder do Partido dos Trabalhadores, Rodrigo Forneck, fez duras críticas na sessão desta terça-feira, 22, ao governador Gladson Cameli, que decidiu repassar a responsabilidade dos serviços de água e esgoto às prefeituras acreanas.

“Essa postura demonstra a total falta de compromisso do governador com a saúde da população do Acre, pois água e esgoto estão diretamente ligados a qualidade de vida das pessoas”, enfatizou Rodrigo.

Entre as preocupações do parlamentar, destaca-se a condição do Município para assumir essa responsabilidade. “No lugar de empurrar o problema para outro responsável, o Estado tem que ajudar a resolver. Me preocupo se o Município tem condição de receber mais essa demanda. A próxima gestão vai ter que lidar com uma séria crise no sistema de saneamento”, destacou.

Rodrigo repudiou a forma como Gladson está agindo em relação ao assunto e solicitou que a gestão municipal explane as condições atuais para arcar com mais essa responsabilidade. “Rio Branco não dá conta. Mas, mesmo não dando conta, temos que saber o que está sendo feito por parte da Prefeitura para que essa transição aconteça, tendo em vista que existe uma aliança entre o governador e a prefeita”, salientou.

O vereador Eduardo Farias (PCdoB) parabenizou Forneck pela posição e acrescentou que “o plano de fundo é tornar o sistema de saneamento e distribuição de água ineficientes, para que se justifique a privatização”.

Leonildo Rosas

Related Posts

Edvaldo Magalhães apresenta anteprojeto que aproveita cadastro de reserva da PMAC para reforçar Bombeiros

Edvaldo Magalhães apresenta anteprojeto que aproveita cadastro de reserva da PMAC para reforçar Bombeiros

Perpétua garante R$ 10 milhões para compra de vacinas pro Acr

Perpétua garante R$ 10 milhões para compra de vacinas pro Acr

Relator recua e mantém gasto mínimo com saúde e educação em PEC emergencial

Relator recua e mantém gasto mínimo com saúde e educação em PEC emergencial

Leo de Brito foi o único parlamentar acreano a se posicionar contra a PEC da Impunidade

Leo de Brito foi o único parlamentar acreano a se posicionar contra a PEC da Impunidade

No Comment

Deixe uma resposta

Encontre-nos

Horário
Segunda—sexta: 9h–17h
Sábados e domingos: 11h–15h