Deputado Edvaldo Magalhães cobra o Executivo o envio da peça orçamentária para 2021

Deputado Edvaldo Magalhães cobra o Executivo o envio da peça orçamentária para 2021

Assessoria

Foto: Sérgio Vale

Nesta quarta-feira (30), o deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) pediu à Mesa Diretora que disponibilize até às 17 horas a peça orçamentária e seus anexos. Ou seja, a Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício de 2021.

Ele pontuou que o prazo para que o Executivo envie o projeto termina nesta quarta. Magalhães destacou que debates serão travados acerca do assunto.

“Quero ter o acesso a partir das 17 horas de hoje à peça orçamentária com seus anexos. Eu gostaria que me fosse disponibilizado. Após as 17 horas, eu estarei me dirigindo à Casa. Vai ter muita discussão, muito debate entre nós, principalmente no tocante ao orçamento da Secretaria de Segurança, a respeito daqueles que estão na expectativa de entrar na Polícia Civil e Militar”, disse Edvaldo Magalhães.

Segundo ele, houve fraude na condução do processo de aprovação do Orçamento no ano passado. O parlamentar disse que foi feito um acordo para que o questionamento dele não fosse levado adiante, mediante o cumprimento dos prazos e ritos este ano.

“A condução do orçamento foi fraudada e ao final do ano, por um pedido do presidente da Casa, testemunhada pelo secretário Luiz Gonzaga e outros lideres, nós acordamos para não levar adiante o meu questionamento para que não acontecesse este ano o mesmo”, pontua.

Leonildo Rosas

Related Posts

Perpétua garante R$ 10 milhões para compra de vacinas pro Acr

Perpétua garante R$ 10 milhões para compra de vacinas pro Acr

Relator recua e mantém gasto mínimo com saúde e educação em PEC emergencial

Relator recua e mantém gasto mínimo com saúde e educação em PEC emergencial

Leo de Brito foi o único parlamentar acreano a se posicionar contra a PEC da Impunidade

Leo de Brito foi o único parlamentar acreano a se posicionar contra a PEC da Impunidade

Se quiserem acessar parte dos R$ 450 milhões em crédito extra para desastres naturais, prefeituras terão que apresentar plano de trabalho

Se quiserem acessar parte dos R$ 450 milhões em crédito extra para desastres naturais, prefeituras terão que apresentar plano de trabalho

No Comment

Deixe uma resposta

Encontre-nos

Horário
Segunda—sexta: 9h–17h
Sábados e domingos: 11h–15h