Daniel Zen afirma que governo Gladson é inerte e não iniciou as obras que prometeu

Daniel Zen afirma que governo Gladson é inerte e não iniciou as obras que prometeu

Assessoria

O deputado estadual Daniel Zen cobrou mais ação do governo Estadual, em sessão on-line da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) desta terça-feira (15). Ele afirmou que após quase dois anos no governo, a gestão de Gladson Cameli ainda não cumpriu os compromissos que estabeleceu para este momento do mandato.

De acordo com Daniel, a lista de promessas inclui a construção de um Centro Administrativo, da encosta do Rio Acre no Bairro 15, da quinta ponte, além de uma segunda alça do Anel Viário e três viadutos. “Quero dizer que essas obras de tão anunciadas, já estão conhecidas pela população, só que até agora, passados dois anos, não existe nem licitação aberta para esses empreendimentos e nem projeto”, afirma o parlamentar.

Segundo ele, não será por empecilho do poder legislativo que o governo não conseguirá realizar as coisas. “O governo tem sido farto em seus anúncios, mas muito econômico nas suas realizações. Se em dois anos não deu para fazer os projetos, imagina se nos próximos dois anos vai dar para concluir essas obras”.

Zen ressalta ainda que, passados dois anos de governo, o agronegócio não fez a economia crescer, os empregos não vieram e o desmatamento só aumentou. “O governo, inerte, não consegue fazer nada. A única coisa que consegue é pintar as obras do governo anterior e mudar de nome”, finalizou.

Leonildo Rosas

Related Posts

Perpétua garante R$ 10 milhões para compra de vacinas pro Acr

Perpétua garante R$ 10 milhões para compra de vacinas pro Acr

Relator recua e mantém gasto mínimo com saúde e educação em PEC emergencial

Relator recua e mantém gasto mínimo com saúde e educação em PEC emergencial

Leo de Brito foi o único parlamentar acreano a se posicionar contra a PEC da Impunidade

Leo de Brito foi o único parlamentar acreano a se posicionar contra a PEC da Impunidade

Se quiserem acessar parte dos R$ 450 milhões em crédito extra para desastres naturais, prefeituras terão que apresentar plano de trabalho

Se quiserem acessar parte dos R$ 450 milhões em crédito extra para desastres naturais, prefeituras terão que apresentar plano de trabalho

No Comment

Deixe uma resposta

Encontre-nos

Horário
Segunda—sexta: 9h–17h
Sábados e domingos: 11h–15h