Bolsonaro conseguiu: Brasil é novo epicentro global da pandemia e país tem 1.473 óbitos em 24h; mortes se aceleram

Bolsonaro conseguiu: Brasil é novo epicentro global da pandemia e país tem 1.473 óbitos em 24h; mortes se aceleram

As mortes por coronavírus no Brasil se aceleram e o país é o novo epicentro global da pandemia. O número de óbitos nesta quinta-feira, 4, chegou a 1.473, batendo o recorde de ontem de 1.349. Política de Bolsonaro se mostrou uma catástrofe

247 – O Ministério da Saúde divulgou nesta quinta-feira (4) o balanço atualizado dos casos e mortes por coronavírus no Brasil. Foram 1.473 registros de morte incluídos em 24 horas, um recorde. Os caso confirmados chegaram a 614.941  (eram 584.016 na quarta-feira).

O ministério da Saúde informa que foram incluídos 30.925 casos em 24 horas.

Segundo o ministério, ainda, 325.957 pacientes estão em acompanhamento (53 %) e 259.963 pacientes estão recuperados (41,5 %).

O número de mortes por Covid-19 no Brasil superou o da Itália nesta quinta-fira e o país agora ocupa a terceira posição entre os que mais tiveram mortos durante a pandemia. O Brasil está atrás apenas do Reino Unido e dos Estados Unidos.

Leonildo Rosas

Related Posts

Acre pode sofrer com falta de cilindros de oxigênio; rede particular anuncia que não tem vaga

Acre pode sofrer com falta de cilindros de oxigênio; rede particular anuncia que não tem vaga

Tião Viana recomenda que cuidados para controlar a Covid sejam revistos: “Chegamos ao imponderável”, disse

Tião Viana recomenda que cuidados para controlar a Covid sejam revistos: “Chegamos ao imponderável”, disse

Enchentes podem agravar quadro de pandemia na fronteira, alertam cientistas

Enchentes podem agravar quadro de pandemia na fronteira, alertam cientistas

Em pânico, Europa se prepara para segunda onda de Covid-19

Em pânico, Europa se prepara para segunda onda de Covid-19

No Comment

Deixe uma resposta

Colunistas

Encontre-nos

Endereço
Av. Paulista, 123456
São Paulo, SP, CEP: 01311-300

Horário
Segunda—sexta: 9h–17h
Sábados e domingos: 11h–15h